Um dos espaços mais bonitos e com vista privilegiada, o Wine Garden da GB vinhos promoverá seu primeiro Reveillon, no Pontão do Lago Sul.

O local contará com estrutura 100% coberta e sistema open bar e open food, além de Nego Henrique como principal atração, cantando artistas como Jorge bem, Tim Maia, Bob Marley, Natiruts, Seu Jorge, O Rappa e outros. Ainda no line up, os DJ Maffra e Igor Santos. A casa ainda contará com uma brinquedoteca equipada com monitores especializados.

O buffet Sweet Cake ficará responsável pela mesa de frios artesanais com queijos, embutidos e geleias; carpaccio; burrata; quiches, tortas e empadões. Será deles também o festival de risotos, festival de pizzas Wine Garden; filé com molho madeira; pescado com molho especial; acompanhamentos variados e, ainda, uma opção vegana para o jantar.

Nos doces, Nuvem de morango, torta de churros e Bolo Chocolatudo. E para os mais animados, na madrugadinha do dia 01 começam a ser servidos os Paninis Wine Garden, mesa de cafés, licores e petit four.

Para beber, vinhos tintos (Kaiken Terroir Series Malbec, 1808 Douro, Nedenburg Pinotage), branco (Esporão Colheita), rosé (Veroni Rosé) e espumantes premimum, além de cerveja Stella Artois, Whisky Chivas 12 anos, Aperol Spritz e Gin Tônica. Também, água com e sem gás, sucos e refrigerantes variados e drinques sem álcool.

Os ingressos já estão disponíveis através da plataforma Sympla: https://www.sympla.com.br/reveillon-2020—wine-garden__710624

SERVIÇO:
Réveillon Wine Garden
Dia 31 de dezembro, às 21h
Ingressos: https://www.sympla.com.br/reveillon-2020—wine-garden__710624
Mais informações (via whatsapp) (61) 99123-0759
Instagram: @winegardengb
Pontão do Lago Sul

Comentários

Max Cajé
Cria do Cerrado, Max Cajé negou as raízes ao detestar pequi, descobriu que o amor à culinária nordestina era hereditário e que paladar é algo que se conquista, com muito treino e, às vezes, dinheiro para pagar a conta. Sempre teve uma relação de amor com a comida e nunca deixou de agradecer o advento do metabolismo rápido nesse processo. Começou a estrada de jornalista escrevendo sobre moda, caiu na Gastronomia por acidente e se especializou por amor. Aprendeu que até chegar à mesa, o alimento cria carreiras, muda vidas, aguça os sentidos e cria histórias, boas e ruins, as quais pretende contar aqui.