O enoturismo conquista cada vez mais pessoas e casais no mundo inteiro e também aqui no Brasil, onde os roteiros temáticos crescem a cada ano. O enoturismo é o segmento da atividade turística focado em viagens e roteiros para conhecer vinícolas e saborear vinhos. A cada dia novas atrações e serviços são oferecidos pela indústria do enoturismo, de forma a criar atratividade e se aproximar os enófilos da origem de seus vinhos prediletos.
Quando um casal se une, o melhor motivo para beber vinhos, é viajar. Relacionamentos íntimos, como namoro e casamento, estão entre as mais importantes fontes de satisfação pessoal. Casais que reservam tempo para beberem vinhos juntos e viajar pelo mundo dos vinhos são muito mais felizes e próximos e isso os leva a um relacionamento bem-sucedido, além de ser muito interessante a troca de experiência com algo que os dois desejam, pois o prazer de conhecer o mundo juntos é intensa, e pode ser traduzido dentro de duas taças de vinho.

Tem alguma coisa mais apaixonante do que uma viagem romântica ao lado de quem a gente gosta e com bons vinhos para acompanhar? Uma das características principais do vinho é a versatilidade que ele tem. E para os casais que querem explorar esse mundo juntos, o maior prazer é a variedade que ele oferece. São diversos tipos, uvas, estilos, e cada um é apropriado para cada momento a dois.
E não é preciso ir muito longe para alcançar sua primeira experiência, já que muitas regiões brasileiras são produtoras de vinho, com vinícolas que possuem estrutura para receber turistas e casais que querem conhecer juntos os processos de produção da preciosa bebida.
O Vale dos Vinhedos, nas Serras Gaúchas, a cidade de São Roque (a Terra do Vinho no interior paulista) e até uma região de vinícolas no semi-árido nordestino, no Vale do São Francisco entre Pernambuco e Bahia, e no Sul de Minas, em Caldas, eles estão entre os lugares no Brasil preparados para o enoturismo. São regiões com produção de vinhos e vinícolas onde as opções de hospedagem são variadas, de pousadas e hotéis acolhedores ao sofisticado.


E há, também, produções de vinho próximo de Brasília, na Fazenda Pireneus Vinhos e Vinhedos, na Serra dos Pirineus, em pleno cerrado, em Cocalzinho de Goiás, às margens do Rio Corumbá. Onde são cultivadas uvas europeias e vinhos cada vez mais conceituados e premiados.
Eu já tive a oportunidade de realizar algumas viagens com o meu marido, pois o enoturismo é praticamente indispensável para nós. Passamos vinte dias na França e era de lei tomar vinho no almoço e no jantar. Durante a passagem por um alguns templos dos vinhos, degustamos preciosidades e tivemos trocas de experiências e momentos maravilhosos juntos – o enoturismo nos aproxima cada vez mais! Tenho o costume de guardar como lembranças os rótulos e rolhas dos vinhos que tomamos. Nosso último destino foi em Março deste ano na feira de vinhos em Dusseldorf na Alemanha, onde aconteceu uma das mais importantes feiras mundiais especializada em vinhos e bebidas finas.

“Viajar para experimentar vinhos une muitos prazeres”

 

Comentários