O lifestyle das quadras de basquete vai tomar conta do Parque da Cidade, no próximo sábado, dia 18, com música, moda e cultura com o Bud Vibes, evento promovido pela Budweiser e NBA em diversas capitais do País.

A cidade foi uma das cidades escolhidas para receber também a reforma de uma quadra de basquete e fomentar o esporte, que vem recebido cada vez mais admiradores. A quadra que receberá a reforma fica no estacionamento 7 do Parque da Cidade Sarah Kubitschek.

Será um dia com diversas atrações e um mergulho na cultura do basquetebol. Presenças como Pipoka, um dos grandes nomes do basquete nacional, MC Sid, DJ A, Arthur Belchionr jogador do Brasília e UniCeub, a jogadora Verônica Duarte, a ex-coreógrafa oficial das cheerleaders do time de Brasília, Erica Rézio e muito mais, estão confirmadas para o dia.

Fãs do esporte também poderão conferir e participar de disputas 1×1, masculina e feminina, e batalhas de MCs. Para participar das competições, os interessados devem ter mais de 25 anos, se inscrever no site www.budweiser.com.br/budvibes e enviar um vídeo na vertical de até 40 segundos mostrando suas habilidades.

A seleção dos participantes será feita por dois curadores de basquete 1×1 – a ex-jogadora Janeth Arcain e Sidney Gabriel, do Canal Dois Por Cento ¬– e dois curadores de batalhas de MCs – a cantora Negra Li e o MC Marechal.

Os campeões de cada cidade se enfrentarão em uma decisão na NBA House, no dia 8 de junho, em São Paulo. O vencedor nacional de cada categoria leva como prêmio uma viagem para assistir a um jogo da próxima temporada da NBA nos Estados Unidos.

Serviço:
Bud Vibes
Onde: Parque da Cidade – Estacionamento 7
Quando: Sábado, 18 de maio, a partir das 15h

Comentários

Max Cajé
Cria do Cerrado, Max Cajé negou as raízes ao detestar pequi, descobriu que o amor à culinária nordestina era hereditário e que paladar é algo que se conquista, com muito treino e, às vezes, dinheiro para pagar a conta. Sempre teve uma relação de amor com a comida e nunca deixou de agradecer o advento do metabolismo rápido nesse processo. Começou a estrada de jornalista escrevendo sobre moda, caiu na Gastronomia por acidente e se especializou por amor. Aprendeu que até chegar à mesa, o alimento cria carreiras, muda vidas, aguça os sentidos e cria histórias, boas e ruins, as quais pretende contar aqui.