Movimentando a cena noturna da cidade desde 2017, o Hidden planeja agora abrir mais horizontes a respeito da comida servida durante os finais de semana de maio a setembro de 2019. Diferente dos anos anteriores, a nova edição do projeto vai apostar em uma espécie de concurso para a sua parte gastronômica.

“Nossa intenção é abrir oportunidade para empresas brasilienses de alimentação para que possam divulgar seu trabalho ao público seleto que frequenta o Hidden”, afirma Mari Braga, idealizadora do evento.

A curadoria dos inscritos ficará a cargo da jornalista e crítica gastronômica, Luciana Barbo, convidada para comandar a iniciativa inédita. “Vamos avaliar a criatividade, a apresentação e sabor dos pratos criados pelos participantes e a capacidade de atender o público com excelência. Queremos oferecer diversidade, incluindo opções para vegetarianos”, adianta Luciana. As inscrições poderão ser feitas pelo link https://goo.gl/Bj6ErQ até o dia 22 deste mês.

Para participar da seleção, é preciso criar dois pratos de acordo com as especificações contidas no regulamento. Em seguida, deve-se preencher a ficha de inscrição e enviá-la à organização.

Quem for pré-selecionado participa de uma seletiva prática no início de abril. Nela, terão de apresentar os pratos sugeridos a uma banca de avaliadores. A seleção final será divulgada até o dia 15 de abril já com o calendário.

Comentários

Max Cajé
Cria do Cerrado, Max Cajé negou as raízes ao detestar pequi, descobriu que o amor à culinária nordestina era hereditário e que paladar é algo que se conquista, com muito treino e, às vezes, dinheiro para pagar a conta. Sempre teve uma relação de amor com a comida e nunca deixou de agradecer o advento do metabolismo rápido nesse processo. Começou a estrada de jornalista escrevendo sobre moda, caiu na Gastronomia por acidente e se especializou por amor. Aprendeu que até chegar à mesa, o alimento cria carreiras, muda vidas, aguça os sentidos e cria histórias, boas e ruins, as quais pretende contar aqui.