O Pavilhão de Eventos do Parque da Cidade vai se transformar em uma pequena parte deSanta Catarina a partir desta sexta-feira, dia 05.

Durante duas semanas, a 3ª edição do Catarinafest vai convidar o público para viver uma verdadeira imersão na cultura e gastronomia do Estado. Ao todo, 17 estandes abrangem a gastronomia do festival, com carnes nobres, doces e iguarias da comida alemã como eisbein, prato germânico preparado com joelho de porco, sanduíche de raclette, batata recheada alemã, espetinhos, pastéis e hambúrgueres. Destaque também para a novidade da Maionese de Cerveja do Santo Burger.

A culinária tradicional também marca presença com arroz carreteiro e café colonial catarinense conhecido por suas delícias típicas. Produtos como salames e queijos também estarão à venda.

Nas bebidas, a festa tem o chope como carro-chefe, representando a famosa Oktoberfest, o maior evento cervejeiro do país. Marcas tradicionais do estado, rodadas de degustação e cervejas artesanais farão a alegria dos visitantes no Corredor da Cerveja. Durante todos os dias de evento, às 18h30, o Ciclochopp, cortejo cultural acompanhado de distribuição de chopes da cervejaria Saint Bier em bicicleta customizada, percorre os corredores principais apresentando a Rainha Catarinafest e grupo de dançarinos, músicos e cantores regionais em trajes típicos e coreografias.

Para os mais animados, o Catarinafest promove o tradicional Concurso de Chopes em Metro, com duração de 30 minutos por dia de competição. Serão divididos grupos de três homens e três mulheres por rodada, totalizando 12 pessoas por dia de concurso, com inscrições logo após o início dos shows do dia. O vencedor de cada rodada ganha um kit com brindes personalizados do Catarinafest.

No último sábado, às 14h, o Catarinafest promove também a 1° edição do Concurso Fritz e Frida, onde são eleitas as melhores caracterizações dos personagens folclóricos da cultura cervejeira catarinense. O júri, formado pela diretoria do Catarinafest e convidados, escolhe a dupla participante da competição para ganhar um final de semana na Oktoberfest em Blumenau. Uma viagem, com direto a passagem e hospedagem, durante um final de semana da festa. As inscrições para o concurso são gratuitas, feitas no local do evento, e os competidores já devem estar trajados com sua caracterização.

Para todos os públicos

Além da gastronomia, mais 120 expositores trazem produtos de variados gêneros produzidos no estado do Sul, shows, Oktoberfest, brincadeiras, danças típicas e a Pista de Patinação no Gelo, que estará aberta todos os dias ao valor de R$30 (30min), das 16h às 23h de segunda a sexta-feira e das 11h às 23h nos sábados e domingos. Para os que topam desafios mais radicais, o Salto de Bungee Jump, de uma altura de 60 metros, será montado na lateral do evento, no estacionamento privativo.

No Espaço Kids, cama elástica, piscina de bolinhas, escorregadores, campinho de futebol inflável e brincadeiras para os pequenos. O valor do espaço é de R$ 20 (30 min), R$ 30 (por1h), R$40 (por 2h) ou R$ 50 (o passe livre do dia).

3ª Edição do CATARINAFEST
Quando: 5 a 14 de julho
Onde: Pavilhão de Eventos do Parque da Cidade

Programação:
Segunda a sexta-feira das 16h às 23hH
Sábados e domingos das 11h às 23h

Ingressos:
Segunda a quinta-feira: entrada franca com um 1kg de alimento.
Sexta a domingo: R$20 ou R$10 meia-entrada com doação de 1kg de alimento
Os 200 primeiros visitantes serão recebidos com um chope
Crianças até 12 anos não pagam
Site: www.catarinafest.com

Comentários

Max Cajé
Cria do Cerrado, Max Cajé negou as raízes ao detestar pequi, descobriu que o amor à culinária nordestina era hereditário e que paladar é algo que se conquista, com muito treino e, às vezes, dinheiro para pagar a conta. Sempre teve uma relação de amor com a comida e nunca deixou de agradecer o advento do metabolismo rápido nesse processo. Começou a estrada de jornalista escrevendo sobre moda, caiu na Gastronomia por acidente e se especializou por amor. Aprendeu que até chegar à mesa, o alimento cria carreiras, muda vidas, aguça os sentidos e cria histórias, boas e ruins, as quais pretende contar aqui.