A Embaixada da República da Coreia no Brasil, em parceria com o Serviço
Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e apoio da Kobras (Sociedade
Brasil-Coreia), oferece cardápio com pratos típicos da cozinha coreana nos dias
7 e 8 de maio, das 12h às 15h, no Restaurante-escola, localizado no Anexo IV da
Câmara dos Deputados, em Brasília.


A ação faz parte da agenda de eventos dos 60 de relações diplomáticas entre
Coreia e Brasil comemorados neste ano e integra a Semana da Gastronomia
Internacional – projeto do SENAC que tem como objetivo difundir a culinária
de outros países e estados brasileiros em seus restaurantes-escola.
Os pratos que compõem o menu são os tradicionais kimchi (acelga fermentada),
bulgogui (carne bovina ou suína marinada ao óleo de soja) e bibimbap (arroz
misturado com vegetais). Também fazem parte panquecas famosas do país,
como buchu gamja jeon (panqueca de cebolinha e batatas) e haemul wanja jeon
(panqueca de frutos do mar).
Outro destaque, também tradicional, é o gungjung japache (macarrão de batata
doce). Como sobremesa serão servidos o hodu jeonggwa (doce de nozes) e um
chá de omija (frutos de schisandra, também chamada de magnolia berry ou
fruta de cinco sabores). Pratos brasileiros, que já fazem do cardápio da casa,
estarão disponíveis.
O restaurante funciona como self-service, à vontade, ao custo de R$ 62,36, por
pessoa. Além de degustar os pratos típicos, os comensais poderão conhecer um
pouco mais da Coreia por meio de fotos, vídeos e decoração tipicamente coreana
durante os dois dias de evento.

Chefes coreanos assinam cardápio


Os chefes coreanos Yoon Jong Sik e Kwon Oh Gyun assinam o cardápio do
Festival. Eles foram convidados pela Embaixada e a Kobras (Associação Brasil-
Coreia)

especialmente para o evento em Brasília. Os dois atuam no tradicional
restaurante coreano “Ondal”, localizado no hotel Grand Walkerhill.
O restaurante é uma referência no país e os chefes são conhecidos por terem
assinado comidas tradicionais servidas em importantes eventos da Coreia, como
visitas de chefes de estados, almoço de inauguração dos Jogos Olímpicos de
PyeongChang, reuniões do G20, entre outros.
Sobre os chefes coreanos
Yoon Jong Sik tem 38 anos, 14 anos de experiência, e é sous-chef do
tradicional restaurante coreano Ondal, no hotel Grand Walkerhill, em Seul. É
formado pela Universidade Ho-won. Entre suas experiências mais
emblemáticas estão a elaboração das receitas para jantar com o presidente
norte-americano Donald Trump, em visita à Coreia, o presidente chinês Xi
Jinping, o encontro de esposas dos líderes do G2, entre outros.
Kwon Oh Gyun tem 40 anos e há 15 trabalha com gastronomia. Atualmente, é
chefe de banquetes frios do Hotel Grand Walkerhill, em Seul. É formado pela
Universidade de Sejong. Entre suas experiências estão jantares com chefes de
estados, como o chinês Xi Jinping, o norte-americano Donald Trump e, mais
recentemente, o almoço e jantar servidos nas negociações da Coreia do Sul e
Coreia do Norte durante os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang.

Festival da Gastronomia Internacional
Dias 7 e 8 de maio, das 12h às 15h
Preço por pessoa: R$ 62,36
Restaurante-escola SENAC, Anexo IV 10° andar
Câmara dos Deputados
É preciso levar documento pessoal para ter acesso ao prédio

Comentários